Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2016

CRIAÇÃO

Não se disputa mais a razão.
Cada um está livre enfim
para viver o mistério.

Agora já não nos cega
a luz clara e falsa da certeza.
Podemos confiar no sonho
e na invenção.

A linguagem afinal
não foi feita
para revelar a verdade,
mas para realizar o impossível.


UM DIA

Um dia em que eu não tomasse
de manhã, nem um gole de café
e à mesa, um pouco mais me deixasse,
trocando o suco ou o leite
por um Languedoc-Roussillon.

Um dia em que eu não olhasse
as horas e, sem querer, saísse,
nem o clima buscasse
saber, nem como está você,
se respondeu ou não a mensagem
que lhe mandei ontem à noite, bem tarde
(nesse dia eu quero sair, só).

Um dia em que eu escrevesse
sem pretensão de publicar
ou mesmo, em pensamento,
mandar a alguém que fosse ler -
que eu escrevesse distraído
como quem respira somente
e não pensa
no que percebe pensar.


Ninguém é só feminista, esquerdista, direitista, liberal ou conservador. Mas quando usamos um rótulo desses, damos a chance para que os outros nos rotulem e reduzam a nossa humanidade a isso, um rótulo apenas.


O perfeito animal político é inviável: precisa dar poder aos outros se quiser ter em troca poder suficiente para não depender do poder de ninguém.